Of Everything That Hurts

Soturnus

Of Everything That Hurts
Performed By Soturnus
Album UPC 7898555781689
CD Baby Track ID TR0001082225
Label Eternal Hatred Records
Released 2014-01-11
BPM 145
Rated 0
ISRC BR6VT1300004
Year 2014
Spotify Plays 1,977
Writers
Writer Andrei De Meneses Targino
Pub Co Andrei De Meneses Targino
Writer Guilherme Augusto D'araújo Cavalcanti
Pub Co Guilherme Augusto D'araújo Cavalcanti
Composer Andrei De Meneses Targino, Guilherme Augusto D'araújo Cavalcanti
Clearance Sync & All Media Uses
Rights Controlled Master
Rights Easy Clear: Master
Original/Cover/Public Domain original
Country Brazil

Description

A depressive blend of death metal and gothic doom metal, with both energy and sadness, for gloomy lives but not faint of hearts.

Notes

O Soturnus foi fundado em janeiro de 2000 por Rafael Basso (V/G), Aline Basso (V), Guilherme Augusto (B) e Eduardo Vieira (D).
Em fevereiro de 2001 a primeira demo – Poems of Love... Poems of Pain... – foi lançada e juntam-se à banda Felipe Grisi (G) e Jaime Neto (K). A demo, com quatro músicas, foi divulgada em todo o Brasil com excelente repercussão e com boas resenhas em sites e revistas, sendo destaque da edição na Rock Brigade e Roadie Crew. Também foram feitos inúmeros shows em várias capitais nordestinas e cidades do interior, incluindo a participação em alguns festivais, com destaque para as edições de 2002 e 2003 do “ForCaos”, em Fortaleza – CE.
Após mudanças de formação e algum tempo de inatividade devido ao envolvimento dos membros em outros projetos, a banda lança em fevereiro de 2006 a segunda demo – Solitude – com duas músicas. Alguns shows de divulgação foram feitos, com destaque para a abertura do show do Viper em Natal – RN.
Em Abril de 2006, os membros originais Rafael Basso, Guilherme Augusto e Eduardo Vieira se concentram na composição de várias músicas novas e a adaptação de algumas já existentes para compor o primeiro CD full lenght da banda.
Para completar a formação da banda, em setembro de 2006 entra o guitarrista Andrei Targino e em novembro do mesmo ano a gravação do CD “When Flesh Becomes Spirit” é iniciada.
Produzido por Marcello Pompeu (Korzus), mixado por Heros Trech (Korzus) em São Paulo no Mr. Som Studio e tendo toda a parte visual elaborada pelo renomado artista Gustavo Sazes, o disco é lançado em dezembro de 2007.
O álbum apresenta uma identidade musical bem interessante, com acréscimo de elementos oriundos do death metal ao som doom/gótico praticado anteriormente pela banda. As letras falam sobre as dores e paixões humanas; na música “Pain and Pleasure”, o refrão é em português e foi baseado em versos do poeta Augusto dos Anjos.
Obtendo boa aceitação do publico e veículos especializados, com ótimas notas e resenhas positivas nas mais importantes revistas e sites, tendo inclusive aparecido na seção “UP Coming” da revista Rock Brigade, sendo apontada com uma das revelações do Death/Doom Metal nacional, o Soturnus passa o ano de 2008 divulgando seu debut. Fez importantes shows, como a abertura dos shows do Malefactor em Natal – RN e João Pessoa – PB, participação no renomado festival “ForCaos” em Fortaleza – CE, abrindo para a banda Khallice, e tocando em varias outras cidades do Nordeste.
Em agosto de 2008, Rafael Basso deixa a banda e o Soturnus, mais uma vez, se reorganiza para dar continuidade ao seu trabalho. Marcos Meireles (V) e Eduardo Borsero (G) substituem Rafael para continuar a divulgação do album “When Flesh Becomes Spirit”. Um evento de destaque com essa formação foi no festival “Aumenta Que é Rock” de 2008, onde foi realizado o show de abertura para a banda Torture Squad em João Pessoa – PB.
Posteriormente, em meados de 2009, por motivos de cunho pessoal, o então vocalista e frontman Marcos Meireles decide deixar a banda. Rodrigo Barbosa junta-se à mesma ocupando o posto deixado pelo colega, trazendo consigo uma nova atmosfera vocal, mais sombria, adicionando uma musicalidade com ainda maior ênfase no Doom ao clássico Death/Gothic metal da banda.
Após um longo período de concentração na preparação do seu segundo álbum de estúdio, no ano de 2013 é lançado o disco “Of Everything That Hurts”. Produzido e mixado por Victor Hugo Targino no 1404 Studios, o disco conta com nove faixas onde é possível observar a evolução e nova sonoridade da banda, sem no entanto perder o seu sombrio temperamento característico.

Private Notes

Click here to add a private note. Private notes can only be viewed by you.

Comments

Click here to add a comment. Comments can be viewed by everyone.

  • Playlist
Title
Artist
Your playlist is currently empty.